Wednesday, 16 January 2008

Sobre fé.

Era a única coisa que eu tinha. Ontem foi a pré-estréia fechada (só para pais e irmãos) de "Do Claustro". E eu só tinha fé. Corpo, voz, mente, coração, tudo já estava no compasso certo. Mas quando pisei no palco e não podia mais sair, só tinha fé.

5 minutos antes eu estava rodando em volta da minha cama cenográfica. Coloquei um mp3 e apertei para cair em qualquer música. Era do Gustavo Santaolalla, que eu tenho paixão. Era alguma música do filme '21 Gramas'... não consegui ver o nome. Me deu tesão, medo. Eu comecei a correr em volta do meu pequeno espaço cênico. E comecei a querer socar a parede e gritar e chorar.

'When our wings are cut, can we still fly?' (Quando nossas asas são cortadas, nós ainda conseguimos voar?) - esse era o nome da música.

Sim, conseguimos.

4 comments:

  1. Uau, seu texto me tirou o folego!!
    Daqui, exatamente 12 horas, nos vemos!
    Merda!!

    ReplyDelete
  2. Brigadão Fe. Conto com vc. lá!
    Brigadão!
    bjs.

    ReplyDelete
  3. conseguimos mesmo, Deborita. E você é Mariana, Mariana é você.
    dizer mais o quê? dizer não. assistir a você. ponto final.
    beijoka

    ReplyDelete
  4. Oi, Débora!

    Que bom que você gostou do blog! Volte sempre que quiser!

    Vi aqui que você tá estreando peça. Procurei saber mais. Interessante! Acho que vou assisti-la numa dessas quintas! :-)

    Beijo pra ti!

    ReplyDelete