Saturday, 16 August 2008

un día que es la ostia

você precisa muito, MUITO, do sol, da LUA, da amiga com o sorriso mais sincero do mundo, do JAZZ, do cara sentado na beira do lago com seus cachorros, do casal se beijando, da LUA, da terra molhada, do JAZZ, das luzes da cidade embaixo do céu de estrelas, da LUA... do JAZZ. Você simplesmente precisa muito. E tudo faz sentido ali, naquele segundo.


Existe um dia, você vai ver... um dia que é a perfeição. Nesse dia tudo é bom: você vê as pessoas que quer ver, come a comida que mais gosta e tudo que se passa com você nesse dia é o que você quer que se passe. Se liga o rádio, a música que começa é a sua canção favorita, se vai na lotérica esse dia, por exemplo, participa de um concurso, você ganha tudo. O dinheiro, as viagens. Preste atenção no que te digo. Tudo. Acontece somente uma vez na vida, por isso você tem que estar muito atenta, não deixe que se passe. É como um desvio, como quando você vai pela estrada e tem um desvio mas você vai falando no celular ou discutindo com alguém ou pensando em outras coisas e não se dá conta e passa reto. E aí você se fudeu. Porque já não pode voltar atrás. Pois esse dia é a mesma coisa, um desvio. E é muito importante porque vai decidir como você vai seguir com tudo, se é por esse caminho que é novo ou não. Por isso temos que estar muito atentas, meu anjo, muito atentas. Porque existem muito poucas coisas boas e se isso passa batido por você porque você está falando no celular ou pensando em outra coisa, seria uma merda. Uma merda completa.

(PRINCESAS)

1 comment:

  1. Espero que esteja bem, viu? um beijo no coração de uma menina que te quer muito bem. KissJazz pra você.

    ReplyDelete